quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Ahá Uhú, eu sou uma quebrada!

Muito divertido um dia que - em suas primeiras 3 horas - lhe traz as seguintes BOAS notícias :

- A escola do seu filho telefona. Mensalidades atrasadas. A diretora comenta "eu sei que você é séria, Amanda...só queria saber se não havia esquecido da gente". Ou seja, traduzindo: eu considero você uma caloteira.

- Sua diarista que veio trabalhar em casa hoje telefona e diz: vieram cortar a luz. "Amanda, eu pedi por favor pra não cortarem, mas não deu. O que eu faço se não vai dar pra passar roupa?". Ou seja...por desorganização total e completa sua e de seu marido, você ficou sem luz. Com dois bebês pra cuidar. Que beleza. Já foi solucionado.

- O sistema com o qual você trabalha não funciona. Mas tá, isso é rotina...próximooo!

- Suas amigas do trabalho lhe compraram um presente lindo. Alegria em forma de chocolate. E sim, UFA, essa é uma verdadeira boa notícia.

Fim.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Sobre amigos...




Olha, tenho mil defeitos. Mas um que não tenho - modéstia à PQP - é ser má amiga.
Quando eu gosto de alguém, quando faço um amigo, é para estar por perto mesmo! Não deixo qualquer um entrar na minha vida e também não me permito invadir a vida de ninguém se não for pra fazer a diferença.
Por isso fico triste quando alguém questiona essa minha característica.
Defendo os que eu gosto com toda força do meu coração, me fodo muito por consequência disso...mas não me importo.
Amo, cuido, extrapolo a racionalidade até. Mas não me arrependo. Tem gente que não é merecedora desse tipo de amor. Tem gente que não conhece esse tipo de amor. Tem gente que não quer ser amado assim. Não há como julgar...
Mas me dou ao direito de escolher a dedo e com muita parcimônia quem vai fazer parte dessa lista seleta de pessoas a quem defendo custe o que custar.

Estou cansada de ser decepcionada. Embora tenha aprendido com a minha mãe: você só se dececpciona se permitir...se abrir brecha. Eu não abro mais.

De boba não tenho NEM o jeitinho de andar.



quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Tá?!

O meu amor eu guardo para os mais especiais. Não sigo todas as regras da sociedade e às vezes ajo por impulso. Erro, admito. aprendo, ensino. Todos erram um dia: por descuido, inocência ou maldade. conservar algo que faça eu recordar de ti seria o mesmo que admitir que eu pudesse esquecer-te.


William Shakespeare

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

- porra -




Em tempos de grandes mudanças é preciso ter uma coisa que não tenho, de fato: paciência.
Estou passando por uma fase fodida. Deve ser meu inferno astral. Em poucos dias faço 30. Não gosto também de como está soando essa nova idade. Trin-ta. Não gosto, definitivamente. Mas simbora.
Tô azeda, amarga, perto de gente muito mal intencionada. Gente não, 1 mal intencionado. Dá nada...tô sempre "vestida e armada com as armas de Jorge". Cabra ruim não me pega, nem a pau. Mas afeta o dia a dia, o peso do ambiente, a azia no estômago...essas pequenas coisas.
Meu twitter, só pra te dar um exemplo, é um eterno chororô, de como eu gostaria que as coisas fossem e - olha - eu luto MUITO para que as coisas melhorem. Não me envergonho de pedir, gritar, me fazer ver. Mas bater em ferro frio por muito tempo machuca demais as mãos...e eu to esmorecendo.

Tô com um puta medo de me acomodar.
Como diz meu filho lindo: Meajudaeu?!

Bóra rezar, que não paga imposto nem nada:

Chagas abertas, Sagrado Coração todo amor e bondade, o sangue do meu Senhor Jesus Cristo, no corpo meu se derrame hoje e sempre.
Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge. Para que meus inimigos tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me exerguem e nem pensamentos eles possam ter para me fazerem mal.
Armas de fogo o meu corpo não o alcançarão, facas e lanças se quebrarão sem ao meu corpo chegar, cordas e correntes se arrebentarão sem o meu corpo amarrarem.
Jesus Cristome proteja e me defenda com o poder de sua Santa e Divina Graça, a Virgem Maria de Nazaré, me cubra com o seu Sagrado e divino manto, me protegendo em todas minhas dores e aflições, e Deus com a sua Divina Misericórdia e grande poder, seja meu defensor, contra as maldades de perseguições dos meus inimigos, e o glorioso São Jorge, em nome de Deus, em nome de Maria de Nazaré, e em nome da falange do Divino Espírito Santo, me estenda o seu escudo e as suas poderosas anulas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, do poder dos meus inimigos carnaise espirituais e de todas sua más influências, e que debaixo das patas de seu fiel ginete, meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós, sem se atreverema ter um olhar sequer que me possa prejudicar.
Assim seja com o poder de Deus e de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.
Amém.